AMOR EM PROGRESSO 2019

Jovens que desejam aprender a amar

Aconteceu entre os dias 15 a 17 de março, em Collevalenza, a segunda edição do Amor em Progresso, o curso “Para aprender a amar”, organizado pelos religiosos e leigos da Pastoral Juvenil e Vocacional da Família do Amor Misericordioso de Collevalenza e que contou com a colaboração da Pastoral Vocacional da Diocese de Orvieto/Todi. Uma iniciativa que testemunha uma Igreja que sabe colaborar com todos aqueles que a compõem: religiosos, religiosas, sacerdotes diocesanos e famílias.

O curso acompanha a descoberta do amor para os jovens em todas as dimensões a partir do amor incondicional de Deus por cada homem anunciado de maneira tão contundente pela Beata Esperança de Jesus, que nos leva a amar a nós mesmo com verdade e ir ao encontro do outro com o coração livre.

“Amor em Progresso” deseja apresentar aos jovens o ponto alto da mensagem cristã: amar como Jesus nos amou. Este amor cumpre a profunda aspiração do coração e abre-se à verdadeira alegria, sem os sentimentos do egoísmo, da posse e da busca do prazer que muitas vezes caracterizam as relações em um mundo secularizado. Os jovens que vêm ao Santuário para este curso ficam impressionados com a maneira direta que as questões são apresentadas e com a possibilidade de aprofundar as razões e motivações que sustentam as escolhas mais radicais e contracorrentes, como a castidade pré-matrimonial.

“Eu decidi participar deste curso porque acabei de ficar noivo e de pronto, quis ter bons alicerces para um relacionamento próspero. O curso aumentou a confiança e segurança em mim, sentimentos que antes eu não tinha muito para encarar essa relação da melhor maneira”, afirmou Matteo, 18 anos, de Roma.

Já Maria Ilaria, 24 anos, de Jesi, participou pela segunda vez do curso. “Decidi vir novamente porque no ano passado foi uma etapa fundamental na minha vida, sobretudo no aspecto da sensualidade. Aqui, temos a coragem de falar sobre temas que a Igreja luta para expor aos jovens, em particular, sobre a castidade. Neste ano, eu queria que todos os meus amigos viessem comigo e isso me levou a convidá-los, e foi ótimo, porque eu recebi muitos ‘sim’ e viemos em um grupo bacana. Isso me deu alegria imensa porque me senti um instrumento do Seu amor no mundo”, destacou.

Elisabetta, 28 anos, também de Jesi, confirmou: “eu vim para o curso porque fui convidada por uma amiga que converso muito e me disse: por que não? Fiquei curiosa sobre o tema do amor, um assunto que preocupa a todos e todos os dias. Não pensei duas vezes e foi uma bela escolha porque eu fui capaz de refletir sobre todas as facetas do amor, do amor pelos amigos, como Jesus nos ama e ama a todos, mesmo com os nossos defeitos. Por isso, também, somos chamados a amar uns os outros, até mesmo as pessoas mais distantes, assim como Jesus. Também, o amor por uma pessoa que escolhemos por toda a vida, como ouvimos nestes dias, o amor é doar-se um ao outro, e jogar fora o egoísmo que há em nós. Aqui, em Collevalenza, você respira um ar lindo e fica bem. Eu não conhecia o Santuário, nem Madre Esperança, e tudo aconteceu através desta amiga, foi uma experiência especial pelo lugar e pelas pessoas que conheci e os temas abordados se tornaram uma bagagem importante para a minha vida.”.

AMOR EM PROGRESSO 2019

Potrebbe anche interessarti

Lascia un commento

Il tuo indirizzo email non sarà pubblicato. I campi obbligatori sono contrassegnati *